A conversa é mole, mas o papo é firme.

domingo, fevereiro 24, 2008

O primeiro dia do resto da vida de muita gente

Moni deu um toque, mas eu já tinha em mente este post.

Além de trocentas coisas que fazem 40 anos neste 2008, e que nos remetem aos famigerados 1968, ainda não se lembrou que dois álbuns muito importantes estão fazendo este aniversário coletivo: Tropicália e Os Mutantes, primeiro LP do trio.

O clima de tudo isto é muito parecido, pois foi quase tudo feito ao mesmo tempo agora, ou seja , festivais de MPB, disco de CV, disco de Gil, e os Mutas e Rogério Duprat participando de tudo.
Tropicália foi um disco coletivo, que tinha mais a anarquia do movimento em mente do que a parte musical. O lance era fazer o que nunca havia sido feito. Misturar o imiscível, mexer no imexível.

Mas vamos falar do disco dos Mutas.
Nas gravações, liberdade total para as loucuras que eles queriam fazer, e de tudo que conseguiam em inovações, quando diziam a famosa frase para Cláudio César Dias Baptista, o terceiro irmão:"Duvido que você consiga fazer isso".

O engraçado é que de exemplos, geralmente eram usados discos importados, e Cláudio acabava reproduzindo os sons que lhe eram mostrados de uma forma totalmente diferente de como foi feito no original. Muitas destas coisas, os Mutas ficaram sabendo como era realmente, quando fizeram alguma viagens internacionais, e tiveram contato com a tecnologia vigente.

Mas contra a criatividade, não há porteira que segure.

Quem quiser saber detalhes das gravações, tem no livro do Calado, A Divina Comédia dos Mutantes, e algunas cositas mas.

Quando eu estava colhendo material para RLML, e ainda não tinha uma idéia delineada de como alivanhar a trama, pegava o máximo de material possível. Uma das formas de fazer com que Ritz lembrasse do que aconteceu cronológicamente, era relacionar com o disco que estivesse sendo gravado na época, já que praticamente tem um por ano, e dos discos ela geralmente se lembrava muito bem.

Então, comemorando os 40 anos, vão os comentários que ela fez faixa por faixa deste disco, tudo na bucha, sem ficar ouvindo novamente, e acredito que ela nunca mais deve ter ouvido mesmo. Os erros foram comentados em papos posteriores, e daí saíram as explicações em itálico. Esta tudo do jeito que ela falou...mas digamos que algumas coisas mais, hããããã...apimentadas...eu que não sou besta dei uma maneradazinha....cê besta, sô....

Os Mutantes eram só o trio, e o baterista no disco foi o Dirceu, que também fazia shows com eles na época. Tem as orquestrações do Duprat, e as participações de Benjor e também do Dr. César Baptista, que solta a voz de tenor em Ave Gengis Khan. O disco foi lançado em junho de 1968, e estes comentários coincidentemente foram feitos no dia 24 de fevereiro de 2000. Aniversário neste domingo, ou seja, hoje
.
Os Mutantes

1- Panis et circenses - ganhamos este mimi dos mestres com carinho...um help para interar a condução dos novatos( os mestres são Caetano e Gil, compositores da canção)


2- A minha menina - Ben prontinho pra atacar no violão quando tem uma crise de tosse...aproveitou e disse: tosse! todo mundo tossindo!... e emendou na abertura... Lindinha usou um distorcedor poderoso na guitarra, coisas de Té...(Té é o apelido do Cláudio...Lindinha e Dircinha Baptista, vocês sabem muito bem quem são)

3- O relógio - esta foi minha primeira composição solo que acabou sendo assinada por todos...eu tinha um relógio lindo que Charlie tinha me dado...fiz uma homenagem(o relógio era de pulso e ela disse mais tarde: "vagabundo pero poderoso")

4- Adeus Maria Fulô - esta fomos buscar no baú da brasilidade só pra dizer que Mutas também era cultura, eheheeh...

5- Baby - Dircinha canta meio sei lá, a voz tremida pra caramba...Gal já tinha gravado mas Caetano sugeriu um bis masculino...


6- Senhor F - esta foi na cola de alguma dos Beatles...não lembro qual...uma que dizia uma hora : "the celebrated mister?"...you must know this one...(a música dos bítous é Being for the benefit of mr. Kite, do Sgt. Pepper's...the celebrated mr. K)

7- Bat Macumba - regravamos Gil com mais peso e distorções guitarrescas não foi isso?(eles tinham gravado esta música com Gil no disco coletivo da tropicália)


8- Le premier banheur du jour - sugestão minha of course...tentei chupar as flautinhas de Brian Jones...(original de Françoise Hardy...loirinha francesinha de franjinha bem anos 60, como vocês sabem quem...)


9- Trem fantasma - esta é uma parceria com Gil ou tô em andamento com meu Alzáimer?...
(em andamento...o parceiro foi Caetano)

10- Tempo no tempo - versão dos Peter Paul and Mary...pertencia ao repertório das Teenagers...
(outra falhazinha da memória...na verdade é dos Mamas and Papas...e quem fez a versão foi o pai dos Baptista, não creditado...eles gravaram novamente no disco País dos Baurets...)

11- Ave Gengis Khan - num tenho a menor idéia do que se trata...

(Com o tempo, vamos vendo os comentários de outros discos. Tenho até o Santa Rita de Sampa...o que a gente não precisa fazer para manter os índices de audiência)


4 comentários:

Monegheta disse...

Ôpa!
O aniver de 40 da Tropicália foi comemorado aqui, ali e em outros países entre 2006-07. Os Mutantes foram convidados para a festa...
O álbum dOs Mutantes (1968) deveria ser o assunto de 2008, receber tributos, especiais de Tv e tudo mais. Oh meu Brasiiiiil!!!!!
Teve a participação de Manuel Barenbein, na salada de jantar, 'me passa a salada'.
E Dirceu, quem é????
'OS MUTANTES: ELES SÃO O SOM!'. Então não dá pra deixar de mencionar a máquina de costura transformada em potenciômetro por CCDB...E a MALDITA, lendária & leenda!!!!!!
E vamos tricotar sobre todos os discos.
Bjs

Monegheta disse...

Ops, jah ia esquecendo... Tem a comu do álbum OS MUTANTES (1968) no orkut:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=31576203

Alessandra Alves disse...

A-há!!!

Eu sempre achei que "Baby" era cantada pelo Lóki, mas tem gente que jura que era cantada pela Ruiva. hahahahahahaha

Gente chamada Dinho Leme, por exemplo.

kakakakakakaka

"Senhor F" também tem umas vozes distorcidas muito à la "Yellow Submarine", ou não?

E tem um verso maravilhoso: Dê um chute no patrão!

rubs disse...

Fala Boninho, quer dizer, Bart...

ótima tática de centro avante para alavancar a gentarada para o blog...

cá tenho eu minhas curiosidades sobre a edição deste material...

olha só quem lançou blog também: http://tomze.blog.uol.com.br/

hasta la vista...
rubs