A conversa é mole, mas o papo é firme.

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Coisas do Ribeirão

Minha terrinha, Ribeirão Preto, tem andado nas manchetes, pelo bem ou pelo mal.

Uma das enchentes, que a urbanização exacerbada, a falta de planejamento, a ambição imobiliária, a falta de respeito com o meio ambiente e muito mais trouxeram para a cidade principalmente nos últimos dez anos, foi notícia no JN de sábado.
O comércio se ferra, as pessoas perdem seus pertences e suas casas.
É crônica de morte anunciada, e geralmente são chuvas na madrugada, não tão fortes, mas longas, que fazem o acontecido.
Se vocês vissem o tamanho dos rios que causam isso, não acreditariam. Na verdade chamam até córregos. São dois, que se encontram no meio da cidade.
Como sempre, verbas vão sendo concedidas, mas obras não acontecem. Será que estão fazendo poupança para aumentar a grana, e fazer obras mais bonitinhas?

Outra, terrível, foi a de um estudante classe média, que bebaço e saindo do seu trote de entrada numa escola de direito, com o carro cheio de lança, invadiu um posto, arrancou uma bomba de gasolina e atropelou um frentista. Querendo fugir, ficou com o carro passando em cima do funcionário do posto, e só parou porque presentes o arrancaram do veículo, e quase foi linchado.
O frentista passou 4 dias em coma, teve fratura exposta no rosto, mas agora passa bem, se é que se pode passar bem depois do acontecido.
Por ter um carro do ano, bons antecedentes, ou seja, "gente do bem", o delegado não prendeu o sujeito. Um cara que ainda vai ser um advogado, e quem sabe aprender a burlar estas leis que ele mesmo não cumpre, para defender outrens.

Outra aqui de pertinho, Pontal, dá conta que um cara foi condenado pela justiça a pagar uma multa de quase quinze paus por ter chamado um outro de viado.
Parece besteira, mas é o que dizem as manchetes. Mas só quem encarar a notícia lá dentro do jornal, para saber que na verdade o que ocorreu foi uma agressão, e que em meio a esta agressão, houve a verbalização.
Lembrei de um amigo que começa todas suas frases com "Oh, viado". Vai falir.
Imagina se as mulheres, por exemplo, que já ouviram os nomes de biscate, puta, vagabunda, fossem entrar com processos? A imprensa gosta de botar lenha.

Mas ao final, a melhor. Tanto em Ribeirão, quanto na região, estão sendo vistas luzes que se movem no céu. E também, nos canaviais, como no filme do Mel Gibson, estão aparecendo áreas de cana amassada, sem que haja traço algum de que alguém tenha ido até lá para fazer isso.
Tem muita gente que fica a noite inteira acordada para ver isso. Tem gente que disse ter sido abduzida por algumas horas, tem gente apavorada, tem observador de OVNI de todos os cantos.
Mas em tempos de trocentas câmeras em celulares, câmeras de vídeos e tudo mais, ninguém mostrou uma imagem da coisa.
Ou será que até os OVNI estão usando álcool como combustível?

Mas, de qualquer forma venham visitar a região pessoalmente e não só no noticiário, pois ao menos o chopp do Pingüim ainda continua lindo.

Se estiver demorando uma próxima postagem, posso ter sido abduzido, ok?

E no linka-ki, linka-Cola, procurando coisas de Cassião, cai neste endereço. Mas o bom é ir olhando nos comentários, pois tem uma falação sobre dona Ritz. Vão lá dar uma olhada, e depois digam o que acharam, eheheh....

Galo aos sábados: Homenagem à maior de todas


Para facilitar, o primeiro comentário envolvendo ELA é o #15. Depois tem no #19, no #20 e depois vai em frente. Olha la o que vão dizer, heim crianças?

Um comentário:

Monegheta disse...

Hey Bartsch!
Desrespeito à Mamãe Natureza não é privilégio dos ribeirão-pretanos (acertei?). Tudo isso que vc falou tem aqui, ali e em qualquer lugar neste país. Y otras cositas también.
Mas a aparição de OVNI's é babado forte. Vou contar uma: Estava numa cidadezinha do interior cravada na Mata Atlântica, cercado por morros, sem fábricas, ar puro, pouca iluminação e essas coisas, e vi algumas luzes vermelhas cruzando no céu, umas três eu acho. Por um momento pensei que fosse OVNI, mas fiquei na minha e mostrei para um geólogo que estava comigo. Ele tranqüilamente respondeu: são satélites. Santa ignorância a minha, pensei.
Dona Cássia cheia de atitude! O único trabalho dela que eu gosto é 'com você meu mundo ficaria completo'. Mas gostava dela pra caramba e a falta que ela faz no cenário musical é imensurável. Um lástima. Legal o post #15. Comprações são desnecessárias, até pq elas jamais serão Rita Lee!