A conversa é mole, mas o papo é firme.

quarta-feira, dezembro 19, 2007

Útil, mas...

Fui ao lançamento paulistano do livro da Hérica Marmo, "A canção do Mago", que mostra a fase musical de Paulo Coelho. Na fase final da produção, dei pequenos palpites, e a Hérica me colocou mui gentilmente nos agradecimentos, e citou RLML na bibliografia. Para quem não sabe, ela já tinha escrito a bio dos Titãs. O clima em Sampa estava meio sei lá, porque parece que o livro gerou muitas discussões pelo lado dos raulístas.

Estavam na mesa o André Forastieri, crítico musical antes, e agora vidraça, como dono da editora que lançou o livro. Conversamos ao final, e o cara é muito gentil e bom de papo. Também o Edmundo Leite, que é editor do Estadão, e trabalha em uma bio do Raul. Este vai penar na mão dos "toca Raul". Mas é muitíssimo simpático, já leu RLML, e parece que vamos ter bons papos na seqüencia.
Tinha o Sylvio Passos, que comanda o fã-clube do Raul e mostrou claramente que raulistas e paulistas não se bicam. A coisa é pior que Ritz e Mutz, para vocês terem uma base.

E tinha um Raul santo baixado que cantou umas músicas com voz melhor que o próprio Raul. Elvis não morreu mesmo. Mas o papo fluiu legal, Hérica se vira muito bem em terreno inimigo, encarou todas as provocações com galhardia, e conhecendo eu mais um crítico musical pessoalmente, vai crescendo a velha tese do PAS, que crítico, artista e fã, é tudo a mesma coisa. Só o salário é diferente, acrescento.

E sempre mostrando o pau, aí estamos com o Forastieri, que por sinal é de Pirrr, terra do Rubs.

A prova do crime. Para quem não sabe, meninas, a Hérica é prima do Eric Marmo e ele estava lá, mas não vou dar arrêgo para noveleiros/as. Vão ter que ficar com o velho Bart, mesmo.



Presentes de natal de Natal, enviadas por Norma Leema. Quem quiser mais, muito mais, vai dar uma volta no blog da Normalukete, que é só detalhe em cima de detalhe.




E para quem depois de ver as fotos ainda continua lendo, na viagem de volta de Sampa, comprei a RS com Andréa Beltrão na capa e mais Beltrão ainda nas poucas outras dentro da revista.
Como já comentou Moneguetta, coisas que quem sabe quase tudo já sabe quase tudo, mas sempre uma nova pista lá e acolá.
De destaques, bem feito para Zélião, que quer se tornar vítima em meio à traição. Deu no que deu, papuda.
Mas principalmente Tonzé em fase marqueteira, talvez para encarar CV. Não sei porque a revelação deste tesão tardio por ELA, numa fase mais para geriátrica do que pornográfica, se me faço entender. E principalmente uma ênfase ao Paulo Roberto, transferindo a importância real do rapaz para sua protuberância, talvez numa tentativa de diminuí-lo. Diminuir o rapaz, não a protuberância, sejamos claros. Toda menina baiana sabe que o Paulo é importante, mas muito mais o é a persona que o empurra. Acho que o véio tá carente.

10 comentários:

Monegheta disse...

Pois é... Se o Paulo Roberto não se mostrar eficiente, Paulo Ricardo entra em cena. Isso é vero.
E se Ritz foi durante muito tempo a única alma feminina brazuca que compunha e era figura de frente nos palcos, ELA permanece neste mesmo cenário como figura ímpar, utilizando uma linguagem própria e poetizando temas nunca dantes musicados.
Ritz, através da atitude e da música, desbancou legal Chico Buarque - considerado o tradutor da alma feminina (foda-se Chico Buarque). Eu sou da geração privilegiada que se educou sexualmente com Ritz, e que teve sua alma feminina traduzida por Ela.
E eu acho que Rita é plenamente feliz com Roberto.
Rita, se vc crê em Deus, encaminhe pros céus uma prece e agraceça ao Senhor, vc tem o amor que merece!

Denise disse...

Legal! Acho que muita gente vai se interessar por esse livro... até eu, mas porque tenho interesse pela música brasileira e tudo que envolve sua história e não pelo Paulo Coelho! Pau no Cuelhoooooo! Ah, não sou Raulista! rsrs... Falar nisso, gostei muito daquele negócio do Raul com a Ritz lá no youtube... muito legal e ainda acaba com "Esse tal de Rock Enrow em espanhol... fiquei doida... nunca tinha ouvido aquilo!

Beijo!

Norma Leema disse...

Bart Amado, os fãs do Raul são xiitas, já andaram implicando com a Rita uma vez, lembra?
Tem uns erros na matéria da Rolling e eu já dei um toque nas figuras de lá, que disseram fazer errata a respeito, na próxima.
E pra mim os deuses estão acima de nossas convençõezinhas ridículas e mundanas. Rita é deusa, deuses vieram a este mundinho besta para serem adorados... e PONTO.

Normitz Leema disse...

Hey, não tá fazendo um ano hoje o lançamento de Rita Lee mora ao lado, aqui no Rio? Biguíssimo beijo.

rubsss disse...

não conheço o tal,
mas é bom saber que é pirrrrrrrrracicabano... to precisando de emprego
hohohoho


abraço sir bart

fernanda lee disse...

estou de volta .. eheheh ..

algo que fala de raul é sempre um convite delicioso .. e vc parece ter feito bonito no lugar hein bartião ..
e yo no creo que veio em sampa .. hun ..

as fotos de norma estão lindas .. que saudade de show da Rita .. e por falar em fotos lindas .. as da rs estão TUDOOO .. confesso que queria mais mas, vamos contemplar as presentes..

saudades daqui .. "eu voltei e agora é pra fica .." ehehehe

bjão
fefetz

Normitz Leema disse...

Fernanda Lee!
A boa filha à casa entorna.
Hahaha
Saudades de ti nestas praias bartianas.

José Garcia disse...

Bart,

Pois é...O tom zé anda falando muito da Rita mesmo...Veio mes passado fazer um show aqui e se derreteu em elogios pra Rita ao cantar 2001.
Mas sabe que gosto...não vejo muito os tropicalistas reverenciando o talento de Rita.E pelo que sei ele é o primeiro que vejo valorizar a importância da alegria e sensualidade da música de Rita na vida das pessoas.
Paulo Cuelho...Paulo Roberto...sao tantos Paulos!
Assinado Paulo José Garcia

Alessandra Alves disse...

Henrique,

Lendo a reportagem da RS, fiquei com aquela sensação de já ter lido tudo aquilo. Mas, também, o povo aqui lê tudo o que sai sobre Ritz há tantos anos que é difícil, mesmo, achar alguma coisa inédita.

Ainda mais depois de RLML...

Mas, ora veja, sempre se descobre alguma coisa e eu adorei saber que ELA gosta de empadinhas, que também são meus salgadinhos preferidos!

Henrique, querido, comecei o ano lendo RLML, depois fizemos aquela entrevista no blog e foi ótimo estreitar os laços virtuais com você. Estou ansiosa pelo seu próximo livro, será que nasce em 2008?

Obrigada pela companhia, pelas notícias DELA e pelos papos via e-mail. Um ótimo final de ano para você e nos vemos em 2008!

Beijos,

Alê

Amanda disse...

Feliz Natal, Bart! =)
Desejo a você e aos seus fiéis leitores muita paz, saúde e luz. Beijos!