A conversa é mole, mas o papo é firme.

terça-feira, dezembro 05, 2006

Parangolés

Chega nas lojas Love, tido como o "novo disco dos bítous". Well, well, well.
Para quem não sabe esta é a trilha sonora de um espetáculo que o Cirque du Soleil faz em temporada fixa em Las Vegas. Se Ritz for fazer show em Las Vegas, Normix vai assistir. A Rita, não o circo, que fique claro.
Quem fêz a trilha foi o tal George Martin e o filho dêle, Giles. Como eles tem acesso a todo o material dos bítous, juntaram músicas, batida de uma com melodia de outra, ou seja um remix total. O resultado às vezes soa legal, ou nem tanto. O som é muito bom, mas eu prefiro as originais, e este disco fica como curiosidade.
Na verdade o que me emocionou, foi ouvir I Wanna Hold Your Hand, o tal Bode e a Cabra, que foi a primeira música que conhecí dos caras. Fazia muito tempo que eu não ouvia o original, e com o som bom que está, me jogou lá 1963, quanto eu estava em frente às Loja Americanas, aqui em Ribeirão, e ouví este som pela primeira vêz. Voltei e pedí para a moça da parte dos discos colocar outra vêz. Na quinta vêz ela me mandou passear, pois estava espantando os freguêses. Daí tinha que ficar rodando o dial do rádio para achar onde estava tocando isso. Mas era muito difícil conseguir. Dinheiro para uma vitrola e discos, impossível.
Mas a emoção de relembrar foi viagem no tempo.

Para os Leezeiros, soa como aquele disco que fizeram de remixes da Rita. Curiô.

Para ilustrar, foto desta semana de Paul, conversando com a filha Mary McCartney, apos um café da manhã.



Ví um pedaço do dvd dos mutas. Bom som, tudo corrigidinho, mas dá pra ver o nervosismo de primeira apresentação, Dirce regendo tudo, Zélia olhava pra ele e não pro público. Mas mostra a competência do som de uma época, e a importância DELA no contexto e a falta que ELA faz. Aquilo com Ritz e Liminha, seria o cão. Mas não tem jeito de modificar a história, e isto será mesmo impossível de acontecer.
Quanto à outra irmã Baptista, Linda, tem-se que tentar entender a nova lógica em que ele gravita, para entender as declarações. Eu comparo com uma conversa que tenho sempre com minha filhota, Bárbara, que tem 7 anos. Quando ela tem que me dizer algo sério, sempre faço um preâmbulo dizendo que ela é semi-alfabetiza, totalmente inconseqüente, mas competente, por isso pode dizer o que quer dizer.Outro dia ela estava tentando me convencer a gostar dos Rebeldes.
Dentro desta lógica é que Arnaldão se encaixa. Deixa ele lá por méritos adquiridos.


Para mera informação, materinha bestinha que passou no famplástico. O que aconteceu de diferente, é que tinham prometido Mut-antes durante 3 domingos, mas parece que ficou só no primeiro.


Fantastico - Matéria sobre Sósia (Rita Lee)

10 comentários:

Edna disse...

Na minha adolescência eu era apaixonada pelo Paul, aliás, quem não era? O mais lindo dos ex-beatles, com a voz mais linda, as melhores músicas (achava o John um chato!), enfim, vendo agora essa foto e concluindo que o tempo é inexorável pra qualquer pessoa. É engraçado, mas não consigo identificar nesse senhor aquele personagem dos sonhos adolescentes.

Falando em adolescente, esse filme dos sósias (que eu não tinha visto) me lembrou um fato engraçadíssimo que aconteceu com nosso amigo Rubs há uns 5 ou 6 anos atrás, bem no dia que a gente se conheceu pessoalmente. Foi na tarde de autógrafos do Aqui, Ali, no mesmo shopping e na mesma livraria do RLML. Era a primeira vez na vida que ele estaria diante DELA (a minha também, mas isso não vem ao caso) e estava nervosíssimo. Já com a fila grande, lá na frente viu um cabelinho ruivo aparecendo, saiu em disparada derrubando tudo que estava pela frente e quando chegou lá... ooohhhh! era a sósia! não lembro se a Lia ou a outra, mas a risada foi geral! Quem não gostou foram os funcionários da Saraiva, que tiveram que arrumar tudo de volta.

Sei que ele vai me trucidar por eu contar isso aqui, mas uma boa galera que estava lá a gente conhece ainda hoje e viu todo o desastre. Não tem uma vez que alguém não lembra pra dar aquela tiradinha básica.

beijão!

Joseh Garcia disse...

Gente,

Uma fofoquinha. Saiu anteontem por aqui que Paul esta se cuidando com um psiquiatra depois do fim do casamento.
Falou que o musico tem a opcao de se inspirar e compor uma musica numa situacao dessas, tipo: " Eu estou tao mal"...e tal..Mas que dessa vez, ele escolheu o psiquiatra.

Como sei q muitos confundem psiquiatria com psicoterapia. Acho que ele deve estar fazendo uma boa psicoterapia, que eh do bem.
:-)
abracos!

dino disse...

henrique bartschtista
a primeira música dos beat Lee's q ouvi tbém foi 'i wanna hold your hand,1963; furou o pneu da kombi do meu pai, ao lado do asilo de lôucos, o pneu rolava pra cá e o rock rolava pra lá, yéah, yéah, yéah...(mas ao contrario da geração, nunca fui bitolado nos fab-4, entrei direto no t.rex,the who,led zep& stones)
abrax

fernanda lee disse...

Dos "bitows" o meu preferido é o Jonh .. não sou dessa época mas os caras pertencem a todas as épocas ... que nem os Mutas antigamente modernos ... mas no caso sou mais os Mutas mesmo pq dentre os três tinha uma mocinha que eu adorava e agora a tal virou feiticeira e a adoração pirou ... pois ao invés de corcunda tem graça, balanço e continua leenda ...

éca dessas sósias ... a única que já vi por ai foi a tal da Lia ... af ..


bitowcas
fefetz

Normitz Leema disse...

Como??? Vai ter show da Rita em Las Vegas??? Quando??? I'll buy my admission...

Essa tua história de falar pra moça das Lojas Americanas pôr na vitrola o Bode e a Cabra é hilária. Não era gostoso, antigamente, pedir pra ouvir os discos na vitrola, antes de comprá-los?

(Deixa eu ver se entendi: tua filha tem 7 anos cronológicos e Arnaldo B. tem 7 anos mental??? Hahahaha)

Putz... ainda bem que o trio só apareceu num domingo, né? (Não adianta, morte à quem fala da Rita, comigo é assim desde 75).

Kisses...

Normitz xiita

Normitz xiita again disse...

Ei "sósia", ninguém no mundo parece com a Rita Lee.
Ela é Única.

rubinhow disse...

A garotinha do primeiro post me denunciou!!!
O foda é que foi essa mesma indivídua que aparece no fanplástico!!!
É meus caros, confundi-me por conta dos cabelitosss...
é só pintar a cabeleira e botar uma lente azurrr que tudo vira Rita...

afffffêêêê

hehehe...
abs

Anônimo disse...

Não acho ruim o trampo das sósias não...
deixa elas darem um gostinho pra quando a rita tá longe...
gosto das que fazem shows... é até engraçado...

nada se compara a Ritz, nem precisa dizer, mas as sósias fazem o papel cômico e sátiro... deixa sstar...

Denise disse...

Ai que bonitinha a história o da Cabra nas Lojas Americanas... opa quero dizer, de vc encher o saco da fincionária da loja ouvir Beatles!!! Bem, confesso que sou leiga em Beatles, conheço o básico, mas, uma novidade de museu sempre me deixa curiosa, craro!!!

Tbm gosto de sósias. É engraçadinho e divertido mesmo...

Beijo!

Johnny disse...

Recebi o dvd/mutantes...assiti de cabo a rabo e obrigado.
Sergio Dias sempre foi meio assim, olhando pros lados,configurando,levantando o dedo querendo dizer pros músicos "vai levando ai" na hora em que eu olhar ou acenar....desmudou tudo. Emocionante...sem palavras. Lembrei de um refrão "agora só falta voce yé yé yé".
Eu ja pensei também, c/ a Rita/Liminha seria o "cão chupando caja-manga"