A conversa é mole, mas o papo é firme.

quinta-feira, novembro 23, 2006

Globo Níus

Yeah, yeah, yeah. Continuam os comentários lá no 27 (parece coisa do chaves), o post beatles. Vocês novinhos sabiam que em uma de suas primeiras músicas, os Beatles diziam She loves you Yeah Yeah Yeah? Claro que não. Mas isto acabou fazendo com que o primeiro filme deles, A Hard Day' Night ( a noite de um dia duro), virasse por aqui Os Reis do Ie Ie Ie.

Por conta disso na briga entre a bossa nova e o rock, o som que se fazia na Jovem Guarda de RC, passou a ser chamado de Ie Ie Ie. Fico pensando a situação e quem foi o anônimo que criou o termo, que faz parte de nosso imaginário, ou seja, a tradução dos nomes de filmes. Um capítulo à parte. Aliás, mandem nomes originais e o que virou em português, de filmes que conheçam. É engraçado.

Mas pelo menos serve para vocês novinhos saberem de onde veio o nome de uma banda novinha também, e que está bombando, os Yeah Yeah Yeahs, com o s inovador. Crianças, mais uma do nada se cria, tudo se copia. Ah, e ALGUEM fez uma turnê chamada Ye Ye Ye de Bamba, lembram QUEM?

Me estendi na introdução, mas o que eu queria era responder uma pergunta de meu amigo Lucindo, um grande beatlemaniaco que me arruma material até (ouviram fãs de Ritz que escondem o leite?), e até me trouxe de presente uma folhinha que ele pegou em Liverpool, em frente ao Strawberry Fields, mas daí é outra história.

Ele me pergunta se dei algum palpite no Aqui, Ali em Qualquer Lugar, já que na época falava com Ritz, fazendo RLML.Falamos sôbre o repertório, não lembro se sugerí alguma coisa, mas se foi foram vírgulas e acentos, e ela me mostrou algumas letras, como estavam ficando, ia me falando como o projeto corria um grande risco, pois yoka ona relutava em liberar versões. Havia o precedente de usar músicas dos bítous que já haviam sido gravadas em português. Isto, as versões, aconteceu muito na época da Jovem Guarda, que fazia esta prática com muitas músicas, principalmente inglesas e americanas.

Mas tinha um grande problema: as letras eram paupérrimas, além de fugir totalmente da proposta do original. Mandei vários exemplos para ela, mas não tinha mesmo condições.
Foi quando lembrei que existia uma versão engraçada de I Wanna Hold Your Hand, o primeiro grande sucesso internacional dos Beatles.
Sabendo da postura anarco/tropicalista de Ritz, corri atrás de um amigo, César, infelizmente falecido tragicamente logo após este encontro, e que tinha tudo de Jovem Guarda. E achamos a versão dos Bells, que se chamava O Bode E a Cabra.
O ponto alto, era quando no lugar de I Wanna Hold Your Hand, eles diziam A Cabra Gritou Méééé....
Ritz ficou muito empolgada e ia gravar, mas se vetaram letras belíssimas dela, imagina essa:

O bode, brigou com a cabra
Foram andando a pé
O bode, pisou na cabra
A cabra gritou mééééé...( e dai pra frente)

Mas Ritz não perde a piada, e quando foi ao Jô Suave, além de me citar ( ou entregar, não sei), a Rita Cabrita cantou a música da cabritinha. Devo ter gravado em algum lugar, e se achar, posto um dia. Se alguém tiver à mão, manda. Vai ser um sucesso.

Eu também estava por perto quando da gravação de 3001, Balacobaco, Ao vivo MTV, Remixes, e sempre tem uma ou outra histórinha, mas com o tempo vão aparecendo.

Paula Portella manda a letra de Ai Lili Ai Low, que eu tinha pedido e ninguém, ligou:

Eu levo a vida cantando
Ai lili ai lili ai low
Por isso sempre contente estou
O que passou passou
O mundo gira depressa
E nessas voltas eu vou
Cantando a canção tão feliz que diz:
Ai lili Ai lili Ai low
Cantando a canção tão feliz que diz
Ai lili ai lili aaaaaaaaaaaaaaaaiiiii loooooooooooowwwwwwwwwww

Foi isso que Ritz cantou naquela foto. Na foto, e não no show, claro.

O filme de Robert Altman sôbre James Dean não é um documentário, mas sim praticamente a filmagem de uma peça. A peça fez muito sucesso na Broadway, e Altman pegou o elenco, depois de uma longa tempora e fez o filme. É com Cher, Snady Dennis e Karen Black, todas musas da época.

O oitentinha bombou legalzinho com comentários que aos poucos vou recomentando. E sob ameças, pessoas se manifestaram no 36 das zeleegadas e no 27 do bítous. Enão foi como anônimo ou sob pseudônimo. Espero que acreditem.
E já que eu viví sob ditadura, e tenho sangue de Mussolini e Hitler na descendência, a regra agora é: NO comments, NO posts, NO posts, NO comments. You know o aramim?

Para não perder o calor do assunto, a parte dois de Ritz na Globo Notícias, codinome News. Porque já não colocam Globe, de uma vêz? Globe Network. E que já transmitam tudo em inglês, o que salvará muita gente de muita besteira.




Entrevista Rita Lee Globo News ( ainda com corte ) Parte2de3

11 comentários:

Joseh Garcia disse...

Salve,salve Bart!!!

Hosana nas alturas por postar o video do Globo news!!!

Estas eleito meu segundo Santo!

Com relacao aos Rita/Beatles disco me encanta muito a delicadeza dos arranjos e da interpretacao de Rita: sublimes....
A versao de " Minha Vida" eh uma das mais tocantes 'letras' de Rita dos ultimos tempos. Adoro a procao existencialista de Rita...
Abracao!
Joseh Garcia

fernanda lee disse...

Eh meu bom Joseh ... minha vida é uma das letras mais leendas que existem .. quando canto só mudo uma palavra .. troco "corações" por "autógrafos"

"Entre autógrafos que tenho tatuados de você me lembro mais" .. no caso da Rita mesmo .... claro ... sempre no coração!!

E tanx pela Ai Lili Ai Low .. que bom que a foto cantou!!

.. e enquanto isso dali pipoca no news, dali bééééé na cabrita e claro ,, dali Rita !!

Já começa a contagem regressiva para "el rio" ..

OHNM OHNM OHNM ...

bxux
fefetz
"Yeah Yeah Yeah"

Carol disse...

Imaginem essas outras versões e regravações que a Rita fez que não foram liberadas... e pensar que existe este tesouro escondido!!! É uma pena, um puta desperdício!

Eu tenho gravado o Jô em que a Rita canta o Bode e a Cabra e se eu não me engano no Supernova ela canta também não é?

Acho que eu tenho quase todos os programas e aparições da Rita nesta turnê... só não sei como passo para o computador..help me!

Tem uma outra versão lindinha de "I wanna hold your hand" que a Rita cantou algumas vezes: "O amor é tão clichê", inclusive tem isso no Supernova...

Norma Lima disse...

Bart Kaempfert,

As versões da Rita para as canções dos Beatles, no "Aqui, ali, em qualquer lugar" realmente, são fantásticas. Eu já ouvi cada droga de versão, até hino evangélico com "Hey Jude", virando "Ei Jesus", acredita? E essa tua ajuda da cabra e do bode? Uá uá uá...
Você sabe se o Altman já fez algum documentário?
Mas essa entrevista da Globo News! O que tem de bom é mérito da entrevistada, ela transforma tudo em ouro com aquela inteligência toda... êêê Rita Midas contra os Mierdas da comunicação.
E lá vou eu polemizar e aplaudir o que ela disse: os Mutantes perderam o tempero pra imitar o progressivo dos gringos ... clap clap clap minha velhinha transviada com corpo de 30, cabeça de 20, alma milenar e asinhas de fada. Ela apontou dois caminhos para se envelhecer: o das peruas e o das feiticeiras, as primeiras brigam com o tempo, as segundas fazem dele um aliado. E depois vira pra gente e diz que quer compor com o Chico Buarque, porque ele é a literatura e a política e ela é alienada. Pode?
Ela é a poesia mais pura!É a trangressão tropicalista autêntica, abalando os comportamentos, e sem pretensão alguma. E, ainda por cima, entende este lado de fã da gente, viram a história que contou do David Bowie??? Só Ela mesmo...
O Rio está mais bonito, se preparando para receber a verdadeira Rainha.

Pedro disse...

ler esse blog cada vez mais se parece com ler a Barbara Farniente... isso porque muitas das histórias que eu já conhecia e que eu já tinha assistido, descubro agora que tinha um dedinho de Henrique Bartsch...

e, Norma, se vc não gosta do hino evangélico pra Hey Jude, deveria freqüentar a igreja católica que fica em frente à minha casa que fez uma versão pra Twist and Shout que, quando chega na parte dos "aaahh" canta "Aaaaaaleeeeeeluuuuuuuiaaaaa!". Próxima vez que eles tocarem vou colocar meu gravador na janela...

Betha Medeirix disse...

Bart, acabei de ver (e odiar mais uma vez) o comercial dos CORREIOS com aquele menino falando rapidinho como se fosse guia turístico. Começou com aquele dos botões aonde ele fala: 'pega o boi, tira o couro, tira o osso...' GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
Como é que pode algo tão nojento e irritante???
Pergunta pra Ritz, quando puderes e lembrares, se este menino infame não é o substituto do guri das Casas Bahia??!!
Como vegetariana e protetora dos animais, dos ouvidos e bom gosto, fico alucinada!!!! hehehe

Este Blog é uma 'cachaça'! Quando não passo por aqui é pq tô OCUPADA DEMAIS ou, como estes dias, doentinha...

Beijinhos carinhosos!

Norma Lima disse...

Sério, Pedro? E isso bem na Vila Mariana, berço da musa? Que sacrilégio!
"When I'm home, everything seems to be right
When I'm home, feeling you holding me tight, tight"

fernanda lee disse...

é na Paróquia Santa Rita de Cassia né Pedro ??... ahahaha
na da de Santo Inácio tem só as clássicas mesmo ... vou dar uns palpites .. hihihihihihihihihihihihihihihi

mas oh manda ai a gravação e cuidado pq se não vai parar no inferno hein!! ahahahahahaha ...

johnny disse...

Grande James Dean ralou pra caralho no teatro antes de aparecer e desaparecer precocemente Cella Vie
Naquele tempo fãs dos 4 não se misturavam(aliás batia boca)com fãs do Elvis lembra é isso ai sem virgulas sem acentos

Verônica disse...

She loves you ie ie ié...huahahua
Ela respondeu as perguntas com muito humor e sinceridade...eu sempre do muito risada das coisas q ela fala...e a risada dela é o maximo...sempre reparo nisso nas pessoas...adoro suas maldadizinhas...hehe...queria saber quem é a cantora do show...
E o nome da musica q criamos? qual é?

Denise disse...

Méééééé....

Estou gostando muito de ver a tal entrevista assim... outra coisa, hein? Mesmo sendo Grobo e tendo cortes... putz, cada vez mais fico com ódio do Famplástico, mas, na boa? Eles que vão tomar no Kubrusly!

Ai, adoraria ver Rita e Chico numa transa musical... lindo!!! Agora Chorão???? Nãããããooooo... ops! Desculpe, gosto é gosto e eu respeito... quem sabe assim, com a ajuda da nossa Rita, ele finalmente faça algo que preste né? Hehehehe... Pausa. Vou limpar o veneno que está escorrendo aqui... rs!

Beijo!
De.