A conversa é mole, mas o papo é firme.

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Sorry

Meus caros e caras. Esta é uma rapidinha mesmo, daquelas de por e tirar. Meus planos eram de fazer um relato da aventura carioca, mas os aeroportos me venceram. Eu estaria chegando em Ribeirão às 18:30, e acabei chegando às 02:30 do outro dia, ou seja, agora, e morto.
Então fica para amanhã, ou logo mais, mas adianto que foi muito bom.
Vocês entenderão porque estou lançando por aqui a candidatura de Santa Norma do Rio, para futura canonização.

4 comentários:

deborah lee disse...

e essa estoria dos aeroportos continua neh?
oh god!
beijos

Verônica disse...

Eu fiquei procurando vc na Tv...tava passando entrevista sobre os aeroportos hehehe...
É bom ter bons argumentos pra canonizar a Norma...pq pra convencer q ela é santa,vai ser dificil...hehe q maldade...a Norma é um amor...

Normitz Leema disse...

Eu sou santinha do pau oco, roubei isso da nossa Ritz, hehe...
Tadinho do chefe Bart, os aeroportos sacanearam legal... Deu tempo de você ler aquele livro que trouxe cinco vezes, né?
Da próxima freta um carro, traz a família toda, fica mais tempo pra gente fazer pique nic!

Beijos, gente, o Bart é um amor de pessoa!!!

leandro vallim disse...

Bart, realmente você teria que ficar mais um pouco...daí dava até tempo de ir de ônibus. E chegaria bem antes das 2 da matina.
Que coisa horrível essa crise nos aeroportos.
A Panda deveria ter fretado um jatinho particular prá te trazer&levar.
Abç.