A conversa é mole, mas o papo é firme.

segunda-feira, outubro 30, 2006

Fã-plástico


Meus caros e caras. Se você:
1- Dormiu
2- Seu televisor se recusa a ligar no Fantástico
3- Votou no Lula e saiu para comemorar e acabou bebendo mais que o próprio (duro essa)
4- Votou no Alckmin e bebeu para esconder as lágrimas
5- Não teve saco de ficar assistindo este programa vários domingos seguidos esperando quando esta matéria iria ao ar
6- Não sabe quem é esta tal de Rita Lee
7- (conta de mentiroso)Deu pau no k7 e não gravou, mas queria ver de nôvo, pois ficou olhando na cara da santa e não escutou nada do que ela disse.

Seus problemas acabaram. Acho que um monte de gente deve postar este vídeo, mas aqui vai a versão do BML.
Perguntei a ELA, nesta segunda, se lembrava o que tinha ficado no lixo da sala de abortos, que é a edição.
ELA não se assiste, mas num esfôrço de reportagem, lembrou mais ou menos o que disse. É comparar e ver o que ficou de fora.
Lembrando que esta matéria foi feita no dia 14/09/06, como lembrou NL. Fernandinha estava por lá, pois era a gravação do Altas Horas, e disse que demorou bastante a gravação, e assim sendo, ela falou muito mais do que saiu. O tempo final é de 6 minutos, mais ou menos. Abaixo um trecho do que ela me mandou sôbre o acontecido. É claro que pedí permissão para colocar aquí. Mas é bom que seja dito que até agora ela não respondeu, por isso vai assim mesmo, sacumé? É como ela disse pra ameaça de morte: "Píííííííí!!!!!!"

Como eu sabia que o gancho inicial da matéria era um agradecimento que Ritz faria a Caetano Veloso, por tê-la citado como influência numa canção do disco novo dele, numa matéria com CV que saiu no "fantas" no dia 10/09, então perguntei se ela fêz a tal declaração, que não saiu:

putz, então nem rolou minha declaração pro mestre?...não sei o que cortaram e não lembro o que disse...o cara pediu pra escolher uma frase que me definisse...eu escolhi "alguém dentro de mim é mais eu do que eu mesma"...pediu pra escolher uma cantora brasileira e eu disse elza soares, na sync com teu blog de hoje...o cantor foi joão gilberto, e lembrei em off que farniente iria mijar...falei de beatles bossa...ele perguntou sobre a abertura para os stones e os bastidores daquilo...falei que a primeira roqueira brasileira era wandeca (Wanderléa) e o primeiro roqueiro era erasmo(carlos)...perguntou porque nunca fiz nada com raul...falei da geriatria mutantesca...falei pra caramba de rodeios e as porras todas...falei mal do bush...contei do último hospício(que é como ela chama clínicas de reabilitação)...sei lá, meu...são tantas ereções...falei da voz, das letras, do envelhecer elegante do mestre(Caetano Veloso)...disse que se eu fosse homem eu comia ele..afff... (interpretação à cargo de cada cabeça que rege sua sentença)

Mas é isso. Quem conhece bem a Rita, não viu novidades, ou pouca coisa de. Mas somos poucos. As matérias que geralmente aparecem da Rita chegam a milhares de pessoas. O Fanbombástico chega a milhões. Por isso temos que encar os assuntos como se praticamente ela estivesse falando pela primeira vez, e pensar nas repercussões à partir disso .

Perguntei a ELA se Roberto fica por perto quando ela da entrevistas, e ela disse que ele sempre se manda rapidinho pra casa, e que ela estava pensando em escrever um livro de auto-ajuda para mulheres abandonadas em entrevistas. Essa é RITZ.

Mas o grande "furo" foi na matéira de uma pessoa artísticamente ligada a Rogério Duprat não ter nenhuma referência ao maestro ao menos na abertura, com Zeca Amargo e Marina da Glória Maria.
Um bom político, se é que isso existe, diria que não falaram no programa sôbre a morte de Duprat, porque para a Globo ele ainda continua vivo, tamanha sua importância.
Tem gente que acha que ela estava sendo entrevistada naquele hora, e mal sabe que a entrevista tinha até pó, quer dizer, poeira.
Abram alas e deixem a santa passar fagueira na avenida.




Com o tempo, vamos vendo que a ficção de RLML é bem pouquinha. É só ir acompanhando.

Na questão Zeleeg, Rita se compara a algumas pessoas, e tem dito que atualmente é Cleide Yáconis. Ai vai um foto da "Creide", que saiu hoje na Folha. Acham que parece mesmo? Na foto ela esta fazendo o papel de Louca de Charlot. Haja hospício.


7 comentários:

rubinhow disse...

acho que o que pegou foi o lance das drogas... a galera não entendeu... acha que a tia tá cheirando, tacando coisa na veia, etc... daí chove questões sobre isso...

e eu pedi pro meu pai gravar, pq tava enchendo a cara... ele gravou começado, e vc sabe que isso para um colecionador não é NADA!!! grrrrrrr

abs sir bart...

Norma Leema disse...

Nossa, quanta coisa boa ficou de fora.
Pro Fantástico: Piiiiiii!!!!!!!

fernanda lee disse...

.. a gravação demorou mesmo ... (esperaria o quanto fosse) .. e como a própria , a bela, a única disse ai, dá pra ver o quanto ficou de fora ... Caetano deve ter assistindo esperando "aquele" elogio ...... mas, o que realmente importa é que o coração captura tudo que capturar a antena ... e a minha fica de butuca sempre ...

..."mulheres abandonadas na entrevista" .. ahahah .. na hora da entrevista eu, Pedroca e Irene (mãe do minino) .. ficamos um pouco no camarim conversando com o Mago Robertz ... enquanto rodavam a fita ... só Ela mesmo ...

então .. é isso ai .. ... a escuridão foi compensada pela luz .. e aquela "leenda louca" compensa qualquer coisa .. sempre ...


Cleide Yáco ??? hum ....

Saudades daquele dia ...
Bjs e bênçãos
fernanda lee

"...eu odeio tv mas eu gosto de novela, eu odeio tv mas eu gosto de novela, eu odeio tv mas eu gosto de novela eu tô aqui agora escrevendo pra Ela ...."

Rodrigo Leesbôa disse...

Vocês pensam que só o assunto "drogras" deu o que falar, é? Eu participo de uma lista de discussão do U2, que junto com a Rita e Beatles são minhas grandes paixões musicais, e, vocês não tem noção do fuzuê que a declaração dela com relação ao Bono causou por lá...infelizmente, a maioria daquele pessoal acha que ninguém têm o direito de não gostar do Bono. Uma pena...

abraço,

Rodrigo Leesbôa

P.S.: Ritz, I love you.

Leandro Vallim disse...

Legal ela ter falado da Elza. Pena ter sido editada essa parte.
E creio também que a parte das drogas foram meio que editadas também, como forma de polemizar.
Particularmente não gosto deste quadro do fantástico. Bem dizer nem gosto do programa mesmo.
Tive que aturar aquela chatice toda prá ver a Ritinha, que aliás tava muito bonita no vídeo (cabelo, pele, óculos, blusa,...).
Essa parte das drogas, acredito que não são as ilícitas.
O resto é resto! Píííí pro fantástitica!! Pííí praquele repórter!!
Viva nostra Santidade!!!

Verônica disse...

Concurso de bunda....huahuahuah
Essa reportagem gerou uma porrada de discussao...mas eu acho q ela nao ta nem ai se foi bem interpretada ou nao...deixem q falem...

Fábio Vizzoni disse...

O Fantástico não tem mais nada de fantástico, só o nome.
A entrevista da Rita ficou na gaveta, provavelmente porque coisas mais interessantes tinham de ser mostradas (como as entrevistas da Marjorie Estiano e da Taís Araújo, e o quadro chato do Marcelo Gleiser).
E olha que o Sr. Geneton, o entrevistador, é um dos Editores-chefe do programa!
A edição fez com que algo interessante ficasse com cara de conversa de bêbado.
Depois reclamam que a Rita só concede entrevistas por e-mail... quando ela oferece a oportunidade, cometem esse absurdo.
Abraços.