A conversa é mole, mas o papo é firme.

sexta-feira, setembro 08, 2006

Cê Vê e as peladonas

Caetano Veloso lança o disco "Cê", acompanhado por um power trio e com influência punk. Será?
Para quem não viu a entrevista na Folha, ele diz que a faixa "Homem" tem jeito de Rita Lee. Na matéria, nos comentários faixa a faixa, diz que "Homem" é inspirada em Rita Lee, e é uma afirmação divertida da masculinidade. Um trecho: "Só tenho inveja da longevidade/E dos orgasmos múltiplos". Não deixa de ser uma homenagem. Rita é comadre de Gil, com quem além do Refestança já feito, tinha planos de retomar esta parceria, mas Gil resolveu fazer dupla com Lula e acabamos perdendo um grande acontecimento. Será que foi boa a troca?
Por estes laços familiares, Rita tem mais contato com Gil, o que também explica o apoio à Preta, que ganhou exposição de roupas usadas na carreira da ruiva, para ficar no hall do teatro em que a peça Um Homem Chamado Lee é levada.
Com CV a relação é mais distante com direito a algumas alfinetas pela mídia, apesar de se respeitarem. Rita diz que é difícil ter acesso ao leãozinho, pois as mulheres dele sempre foram policialescas. Cada um tem uma forma de cuidar da herança. Ainda mais depois do fator Paul McCartney, com sua perneta. Se colocar o tapa-olho, é a verdadeira pirata da modernidade.

A revista Playboy, além de uma boa entrevista com o Angelli, tem uma relação chamada Os 50 melhores discos da música BRASILEIRA. Nestes 50, os Mutantes são o número 20, com A Divina Comédia. Não tem nenhum disco nem da Rita e nem do Gil, e o primeiro colocado é o disco Secos e Molhados, de 1973, do nosso querido Ney Matogrosso & Mathias. Quem cometeu a lista é Jardel Sebba. Também tem um gostinho da biografia do Tim Maia, escrita pelo Nelson Motta e que promete ser interessante. Logo mais conto do encontro que vou ter com o Nelsinho aqui em Ribeirão, durante a Feira do Livro, que começa em 16/09. E para os curiosos, a peça de resistência da playbas, são 3 aeromoças da Varig. Caramba, pessoal, depois de toda essa palhaçada até que as garotas foram generosas e criativas, para tapar o rombo. Rombo orçamentário, que fique bem claro, pois os outros rombos não estão nada tapados.
Mas fico temeroso, pois se a moda pega, teremos o pessoal da máfia das ambulâncias, do mensalão, do PCC, todo mundo pelado nas bancas para compensar a boquinha que fechou.

Agora quanto ao problema de colocar fotos por aqui, e olha que muita gente me mandou fotos belíssimas, vou esperar meu Web Designer, o Rafa, que está esquiando no gelo em uma praia do Paraná, e que deve voltar na segunda, queimadinho de neve. Mas é chique né, Web Designer, Personal Trainner, Hair Dresser, Stylist, Marketing Staff, Following para saber se os livros enviados para divulgação chegaram aos devidos lugares. E um Professor de Inglês, claro.

3 comentários:

teste disse...

so testando

Johnny disse...

Trecho de uma entrevista do CV "Cê"
sobre o amigo Waly Salomão.
"É um amigo que me faz falta. Ele dizia que Deus não dá asa à cobra.Eu era a exceção!"

Norma Lima disse...

Eu li que o Caetano comprou o livro da Bruna Surfistinha aqui na livraria Argumento do Leblon (mais conhecida como a livraria que aparece na novela do Manoel Carlos da Globo). Viu? Devia ser alguma inspiração pra fase sexo&rock.