A conversa é mole, mas o papo é firme.

sexta-feira, outubro 03, 2008

Pequeno Brasil

Uns dias atrás, lá se foi um dos pequenos que deveria ter sido maior, embora já o fôsse no nome: Gigante Brazil(corrigido o s para z depois da observação de Simoni).
Gigante rolou na cena alternativa de Sampa, e tive a oportunidade de vê-lo uma vêz no lira Paulistana, e outra no SESC, na banda Isca de Polícia, de Itamar Assumpção.
Depois foi batera da Marisa, quando ela ainda não era o Monte que é hoje, e dividia os vocais com a dita, na música "Ensaboa", e quem conhece aos Montes sabe qual é. Gigante era batera, era um negão magrelo alto, e não sei se lançou algum disco solo. Me parece que ouví falar disso.
Cinquenta e poucos, do tal ataque fulminante.

Esta começando em Londres a Terapia Pelos Livros. Escritores renomados estão se unindo no projeto, e consiste em fazer sessões com as pessoas, que geralmente trabalham direto e não tem tempo de ficar garimpando críticas e suplementos literários para saber o que tem de bom para se ler. Mas o principal, é que nas sessões são feitas várias perguntas e depois feita uma análise de quais tipos de livro serão apropriados para uma determinada pessoa.
O nome do projeto é Escola da Vida, e existe a opção de que o leitor possa ir discutindo o que está lendo com o biblioanalista, para tirar melhor proveito da leitura.
Levando em conta que é publicado um livro a cada 30 segundos, uma continha diz que precisamos de 162 vidas para ler todos os livros que são oferecidos, por exemplo, no site da amazon.
Mas o artigo que fala disso tudo, termina com uma frase de Vírginia Woolf: "O único conselho que alguém pode dar sobre leitura é: não aceite nenhum conselho".
Estão pensando que vem tudo de mão beijada? e tem que pagar, claro.

E o Macca tocou em Israel e saiu inteiro. Dizem que antes da apresentação perguntaram ao batera da banda, que toca logo atrás do Macca, o que ele esperava do show, e ele disse "Que ao menos tenham uma boa pontaria". Que maldade.

Um dos mais criativos músicos que passaram pelo NÓS esta lançando banda e site nôvo, com vários downloads de seu trabalho. É o Réo, guitarrista e compositor, a banda é o Cararapaz, e o site http://www.cararapaz.com/
Vale a pena.

E parece que a crise do assalto já se acentou, e quem foi aos shows de Sampa saiu bem alegrinho. Todo mundo sabia que isto seria café pequeno para ELA. Que fiquem na paz.
Informações no site da Norma, no perfil oficial que anda abrindo os baús, e nos bondosos do iutubi.

4 comentários:

Monegheta disse...

Meu Brasil é com S, mas o do Gigante é com Z, como no mapa mundi. Que confusão, veja você!...
Em 2006, ele lançou um disco chamado 'música preta branca e etc'.
E a versão de 'Sampa', com Isca/Itamar, tem a batera dele.

A ciência acaba de descobrir que somente Rita Lee e as baratas sobrevivem à bomba atômica. Acho que Ela precisa ir se preparando para esse convívio.
Conferi tudo por aí sobre o show e babei.

Nos dias 4, 5 e 6, estréia do documentário LOKI - Arnaldo Baptista, no Festival do Rio. www.festivaldorio.com.br

Norma Lima disse...

Bartman, viu como setembro também é de morte? (Vide Gigante...)
Esse lance de ganhar dinheiro com livro só podia ser em Londres mesmo, por aqui nem pagando o povo quer saber de ler.
O Wally Salomão, que publicou a obra póstuma de Torquato Neto, quis colocar um livro na cesta básica do brasileiro... adivinha se deixaram?
E eu continuo achando que a Sarah Pallin é mãe da Sandy...

Norma Lima disse...

Pra ser solidária a você, Bart, também vou corrigir que o sobrenome daquela figura esquisita da Pallin é com um "l" só, ou seja, Sarah PaLin, e não como eu escrevi aí em cima.

Monegheta disse...

06/10, Rita Lee na MTV
MTV exibe hoje programa em homenagem à Rita Lee
(...)
A MTV exibe hoje (6), à 0h30, programa em homenagem à roqueira Rita Lee. O especial mostra um pouco do que é essa jovem senhora, cuja história se confunde com a da música pop brasileira.
(...)
Fonte: http://www.cosmo.com.br/noticia/9794/2008-10-06/mtv-exibe-hoje-programa-em-homenagem-a-rita-lee.html