A conversa é mole, mas o papo é firme.

terça-feira, junho 19, 2007

Penetrando Fundo

Quando cheguei de Natal, fui ler os jornais dos dias em que não estava aqui, e lá estava a notícia: depois de brigas e tumulto, ingressos para show de Caetano Veloso esgotaram no mesmo dia.
Também não era para menos. Trazido pelo SESC, o ingresso mais caro era trintinha. Quinze para estudante e dez para comerciários.
Restava a mim ver se uma pessoa de um órgão de imprensa (voces vão entender porque não citarei nomes) ainda mantinha o pacto feito de me levar, se houvesse, na entrevista que fariam quando CV estivesse por aqui.
Mas daí começa o terror das assessorias. Vai ter, não vai ter. Mas nessas já me ofereci para ir de penetra no show.

Tudo combinado na espera de ligações a qualquer hora, para estar na tal coletiva. Rolou sábado, que eu estava em Ribeirão até 20:30, e nada. Domingo foi se arrastando, mas às 17:00, veio.
Era para estar às 18:30 no Teatro Pedro II, onde seria o show, e a entrevista poderia rolar na passagem de som.
Nesta ligação já fiquei sabendo que CV tinha ido no João Rock e cantado com os Mutas. Parenteses. Com quem conversei, a velharada adorou, os novinhos que conheço acharam muito paradão, e como era de se esperar, sendo a penúltima atração de uma maratona, muita gente tinha ido embora. Dinho, batera dos Mutas, falando com a Solange, aqui do pedaço, disse que para eles a apresentação não foi boa, mas acho que quem gosta, já sai gostado de casa e não há santo que prove o contrário, certo?

Mas para aumentar a tortura, e sabendo que texto longo e que pode até não ter nada sobre Ritz, ninguém lê, vamos dividir em capítulos. Amanhã dou dicas sobre como penetrar com classe para não ser barrado no baile. E terei notícias sobre o show do NÓS no aniversário de Riba.

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi Bartsch. Tão ou mais concorrido que ingresso para show do CV no valor máximo de 30 pilas, só mesmo para assistir o gran finale amanhã, no Olímpico. Tô que nem consigo dormir. Cambistas estão pedindo (e levando) 500 pilas por uma cadeira. Quando o espetáculo é desse porte, até vale, né? Bjs tricolores.

dani lee disse...

Pelos 'trailers' que vi nos jornais tb achei o show muito parado.

Aff..esse povo deveria tirar férias prolongada, de preferêcia para vida toda.


Beijos ruivos.


Dani Lee

fernanda lee disse...

putz, esse negócio de show em cima da hr ... já passei tanto perengue nesse sentido .. mas graças a Deus até hj tudo deu certo ..

.. e que bom que no teu caso tb deu ...


.. então .. aguardo os próximos capitulos ..

bjo grandão
fefetz

Denise disse...

vi algumas notícias e um vídeo no you tube do CV com os Mutas... Muito bonito!!!

beijo!