A conversa é mole, mas o papo é firme.

terça-feira, janeiro 23, 2007

Prazeres proibidos

Acabou-se tudo. Já foi o show, e o pessoal lá do Rio agora aquece seus tamborins e se concentra na finalização de suas fantasias carnavalescas, e então é hora de voltar ao velho papo.

Já aviso de cara que não tem foto(cai metade). Não tem you tube (já cai metade da metade). Não tem Ritz (cai metade da metade que sobrou). Posso chamar você que sobrou pelo nome?

Brincadeira. É que o pessoal do show ainda está nas alturas, e sem rede de proteção. Mas eles já voltam.

Ví um artigo muito interessante para comentar por aqui, mas o assunto gerou uma série de encadeamentos, então o melhor é dar uma esquartejadinha, senão fica imenso. E volto a dizer que sem nada visual. Quem continuar daqui, não reclame depois.

Vamos começar com os Guilty Pleasures. São os Prazeres Proibidos. Para quem nunca ouviu falar, é o seguinte: vamos conhecendo várias coisas na vida através da cultura, culinária, viagens e tudo mais, e assim angariando opiniões e gostos bem sofisticados e exigentes. Convencionamos chamar isto de bom gôsto. Mas por mais cultas e sofisticadas que as pessoas sejam, existem pequenos prazeres, que não tem a mínima lógica, e que por serem ou simples demais, ou bregas ou que não tenham um certo grau de sofisticação, as pessoas às vêzes inadvertidamente, acabam ocultando.

Conforme a personalidade, tem os que ocultam ferozmente e negam em qualquer tribunal, tem os que assumem só em pequenos círculos e os que saem do armário de vêz. É claro que assumir sempre tira o estress de qualquer situação, mas às vezes é preciso manter a fama de mau.

Por exemplo, uma pessoa tem um gôsto muito apurado para vinhos, sabe safras, regiões vinículas, qual tipo para qual ocasião, mas também gosta de groselha. Aquele xarope vermelho muito dôce que você mistura com água e manda. Ou pode ser Q-suco, lembram? Também tem as Tubaínas, aqueles guaranás que são água, gás e açucar queimado.
Ou gostam de cozinha francêsa, tailandêsa, indiana, mas não dispensam aquele ovo cozido, com casca colorida dos botecos de pior categoria. Ou uma pururuca.
Estuda-se filosofia, lê-se os clássicos, muitos deles no original. Mas não se perde um Chaves.
Não tem aqueles caras que tem uma mulher virtuosa e bem bonequinha de luxo em casa, mas volta e meia caem na putaria com uma bem fuleira? Ou que vestem todo o guarda roupa da bonequinha, quando ela não esta em casa, quem sabe tirando uma casca com um mecânico, debaixo de um carro bem sujo de graxa? Já tá virando Nelson Rodrigues.

O que interessa, é que em maior ou menor grau, todo mundo tem ao menos um Prazer Proibido. E admití-los é um bom exercício de desprendimento.

Um grande passo é nos convencermos que ao menos para nós nada existe de errado, desde que não seja uma aberração. Admitir publicamente é saudável, e quem sabe começando com os menos complicados não facilita a missão?

Então eu que me fale de mim mesmo. Apesar de um gôsto musical bem amplo, lógicamente sons sofisticados e criativos sempre me atraíram. Mas eu gosto de Renato e Seus Blue Caps, que fazem quase que só versões com letras horríveis, e quando cantam parece que estão todos resfriados. Gosto de Nilo Amaro e Seus Cantores de Ébano. Internacionalmente gosto dos Monkees, e para horror de muitos, dos Carpenters e Burt Bacharach.
Gosto daquelas pipocas doces que vem naqueles saquinhos plásticos côr de rosa. E de morangos do amor. E de olhar fotos das Caras da vida, desde que seja em salas de espera, e corta o barato quando te chamam para ser atendido.
Lembrando que, digamos, gostar de música sertaneja não é uma particularidade. Já cai no mau gôsto. Se for um disco desta aberração, ou uma dupla, vá lá.

Para dar seqüencia no que vem por aí, tenho uma estranha predileção por filmes esquisitos. Não aqueles do cinema novo ou novelle vague, ou seja, que temos que ficar interpretando porque o cara ficou olhando meia hora para um poste e depois levanta uma sobrancelha. No próximo post falo de alguns dos filmes esquisitos que gosto.

Mas já que atirei a primeira pedra, gostaria que atirassem as segundas, terceiras, com alguns Prazeres Proibidos pessoais, se é que os têem e se é que alguém chegou até aqui, sem nada DELA. Quem sabe ELA?

(P.S- É mais que notório que a coisa por aqui não é jornalística, mas aleatória até o talo. Por isso não "esquecemos" de falar de datas, pessoas e fatos principalmente quando aniversariam, e assim sendo, quem lembra de coisa que interessa, mete lá nos comentários e todo mundo se deleita, pois tudo aqui é mais politicamente incorreto do que a própria política. Bem, mas nem tanto. Continua terminantemente proibido falar caraca, tá ligado, galera, enfim, falar uma palavra e fazer aspas duplas com os dedos, bródi e adjacências. Só está liberado para pessoas que tenham estes termos como Prazer Probido.)

18 comentários:

Verônica disse...

As vezes gosto de ouvir musicas da Sandy, que dizem as más linguas ser uma prima paulista da Norma Lima. hehe

Amanda disse...

Tio Bart, proíbe tbm o tipo assim!
E como ninguém me conhece mesmo, eu admito o meu prazer em assistir aqueles programas do P&A... Como é que o Silvio Santos ainda não comprou essa idéia?! Enquanto vc não vem é o melhor... ou pior, depende de cada um... hehehe
Adoro Virginia Woolf, li quase tudo. Mas, inglesa por inglesa, fico com a Anne Rice e aqueles vampiros maravilhosos... ai, ai... já saí da biblioteca da faculdade com os vampirinhos escondidos no meio do livro de zoologia (pq é prazer proibido, oras).
Comida... hahaha... meu negócio é paçoquinha Amor e chiclete Adams!

Um poço trash, fala a verdade... mas olhando ninguém diz, viu...
Melhor post do ano!!

leandro vallim disse...

Vou admitir também...
Mermão (mermão pode?), eu gosto muito do Chaves & Chapolin, gosto de Alcione (principlamnete o disco ´nos bares da vida´, gosto da Bethânia cantando "É o amor", gosto do Acústico MTV da Marina Lima, gosto de usar meu all star com a sola saindo, gosto de angu a baiana (adoro), gosto de Itaipava,...
Chega!
Abç

Normitz Leema disse...

Salve São Bartião!

Manda letrinha pra nós no blogão e deixa um pouquinho a imagem de lado! Crescemos vendo tv e ficamos mal acostumados, não é? Vamos explorar o alfabeto na mídia aéééééé gente!
Cê acredita que Renato e Seus Blue Cap's tocavam na casa do meu primo quando eu tinha 8/9 anos? Eu tinha até blusa autografada, huá huá huá.
E eu que adoro um pinguim em cima da geladeira? Tem coisa mais brega/cafona/trash?
Não tem Ritz aqui hoje, mas tem Bárbara Farniente. Essa história de ficar debaixo do carro com o mecânico, heim? É Bárbara!
E Verônica, não entrega meus parentescos proibidos! Cá entre nós, eu prefiro os irmãos Carpenters aos irmãos Sandy & Júnior...
E todos os dias eu vejo a gravação que fiz do show da Ritzinha... por isso, Bart, não vou aterrisar nunca.
Beijos eternos ao chefe!

Carolina Landi disse...

Eu gosto de Carpenters, Barbra Streisand (essa ninguém me perdoa!), ABBA e Bee Gees fase disco. E até hoje ouço os LPs da Angélica (Vou de Táxiiiiiiiiiii). Depois dessas, não preciso dizer mais nada, não?

bjs Barts!

johnny disse...

vai ai um grãozinho de milho saindo do paiol.
Gosto de algumas músicas de...
Anisio Silva,Orlando Silva, Zéca Pagodim,Chitão/Chorô,Tunico e Tinoco Bienvenido Granda(El bigode que canta),Charles Aznavour,Miguel Alceves Mejia etc etc tal e tal.
Filme estranho/trágico?? The Night Comers c/Mr.Brando...Gosto do Mr Humphrey Bogart. Jovem Guarda é "on concour". Pasmei no the monkees, por esta eu não esperava amigo Brutus...deles, gosto de Day dream believe entre umas 4.Enfim, é muito pano pra manga curta....mas é um assunto que todo mundo põe uma tirinha..rsrsrsrs.

fernanda lee disse...

Ai meu Deus !!

Eu gosto de brigadeiro com pipoca .. adoro uma música caipira (nunca sertaneja) com aqueles caras de vôzinho de viola na mão .. adoro coisas que ninguém quer mais .. faço uma modificação a la fernanda, acho leendo e coloco dependurado no quarto .. adoro comida gelada .. colocar mais leite no arroz-doce .. tenho caixas e caixas de papeis e coisinhas que nunca vou usar mas que não consigo jogar fora .. tem até o dentinho de leite da minha cachorrinha ... putzzzzz ...

bjs
fefetz

PS : Ainda estou nos céusssssssssssssssssssssssssss ..
viva la Ruivaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa ...

Daniel Vieira disse...

HUHAUAHUH.. GOSTEI DESTE..

então meus prazeres proibidos.. uahuah tem uns q ssão tão proibidos q nem posso contar. aqui.. proibido para menores.. uahuaha


opz

naum é o que estão pensando hein

uhauha



ah tah

durmir escutando cAZUza.. uahuah.. ela.. elis.. esses ai..


q mais?


ah visitar sites.. por curiosidade

fazer perguntas absurdas pra amigas e pedir q elas guardem segredo.. uhauha


q mais?


ah eu pinto.. artesanato.. pra naum pensarem outra coisa.. Caixinhas de MDF..sabe aqueles programas que passam a tarde? gazeta? mulheres,., yuahgyagya,..,. eu naum assito naum esse naum mas naum tem aquelas caixinhas.. pois bem sou um desses artesãos.. uhauah


ah componho letra..ó.. q prazer proibido? uahua ah sim uso metaforas q ninguem para q assim ninguem me entenda


uahuhau


ah e tantos outros prazeres


ah comi MC LANCHE FELIZ ATE OS MEUS 13 ANOS


(og tenhu 15)

uahua


Ate mais bart

Fábio Vizzoni disse...

Salve, Bart!
De vez em quando eu me permito a alguns prazeres proibidos, como dar férias aos discos da Rita e substituí-los pelos LP's da Rosana (Como uma deuuuusaaaa), da Mara Maravilha (antes de ser go$$$pel) e outras coisas bizarras que eu só escuto no volume mínimo e com headphone, que é pra ninguém perceber.
O que me conforta é que conheço gente que, vez ou outra, troca Ritz por Neusinha Brizola (aquela do Mintchura, 1983...) Normitz sabe de quem estou falando - e se a pessoa souber que revelei isso, serei um homem morto!
abraços!
P.S.: Uma sugestão... adicione aí nos proibidos o termo NEM, uma variante de NENÉM (?) muito utilizada pelos cariocas para se referir a alguém (exemplo: nem, me empresta a tua caneca de pRástico do fRamengo?!).

Normitz Leema disse...

Huá huá huá
Neusinha Brizola! Mas, Vizzoni, você não fica atrás dele ouvindo Rosana.
Vamos preservar a identidade da criatura, senão seremos mortos mesmo.
Ah, lembrei de uma coisa minha proibida: colecionar disco de novela da década de 60/70. Tenho até "Véu de noiva", com REgina Duarte e Cláudio Marzo. Huá huá huá

bart disse...

Isso!!!!!Além de mostrarem que não se só de imagens vive o coração, entenderam direitinho o conceito.
Verônica, esta família Lima é imensa. Tem Sandy, Jr, Arnolpho, os Lima, Marinão, e acima e além de todos, Normix.
Amanda, fica terminantemente proibido tipo e tipo assim, bem lembrado. Mas não entendí se vc colocou Virgínia Woolf de proibida, pois acho ela genial. E anne Rice foi muito bem, apenas com o pecado de escrever o mesmo livro 300 vêzes, mas ganhou muita grana com isso.
Vallim, mermão é meio carioca, mas vamos incorporar seu veto. Concordei com todos seu Prazeres, só achei que Marinão tem bons serviços prestados, então acho que não precisa ficar escondidinha.
Normix, mas vc tem até camiseta dos Blue Caps, que coisa. E que fique claro: se é Prazer Proibido, não é brega. É brega para os outros mas não para a gente. No próxijo post explico que depois de assumido por alguém, o Prazer Proibido não pode mais ser alvo d gozação. Assumir é um grande ato.
Fernnie, parabéns, seus Prazeres são dos melhores.
Carolina, bem lembrado. Eu também gosto dos Bee Gees, mas antes da fase disco. Aquela voz tremida e os falsetes, que coisa.
Daniel ameaçou mas acabou deixando um monte de coisas trancadinhas no armáriozinho.
Vizzoni, parabéns por encarar de frente os xiitas. WE ainda deu uma dica de "alguém"...vai saber quem é...e Normix assinou embaixo.
E tambem podemos banir o nem, mas é bem carioca,ou ao menos eu nunca tinha ouvido. Mas prefiro não ouvir, assim sendo.
E se não me engano, o PAS também colecionava discos de novela. E não estou entregando, pois ele já escreveu isso em algum lugar.

Pedro Colombo disse...

humm.. cheguei um pouco atrasado na brincadeira, mas nem por isso vou deixar de participar.

bom, já vou começar confessando meu prazer mais proibido: eu gosto de kid abelha. escuto só de vez em quando, não tenho mais que 3 cds, mas no fundo eu gosto.

além disso, coloco o fone de ouvido, mas às vezes escuto a gal cantando o balancê...

e tem os prazeres proibidos do repertório da rita também, né? Bwana, Barata Tonta, Xuxuzinho e Favorita não são músicas que a gente sai dizendo pra todo mundo que gosta...


ahh! e concordo com o bart: leandro, o acústico da marina lima não precisa ser um prazer proibido, mas desde que sua faixa preferida não seja "Uma noite e 1/2"

Dani Lee disse...

Gosto de coisas na minha idade que só eu gosto ehehe.
Não é em cada esquina que se vê um ser de 14 aninhos de idade gostar de Chico Buarque certo?
Mas adoro minhas comidinas vegetarianas, meus chocolates e as minhas tranquiras. Nelas, só eu me acho.

Qto a Rita nem preciso falar nada hehe...É o meu amor e gosto de tudo que venha Dela.
Mas por falar em tranquira, Ela tem um monte que eu ja dei pra Ela.
Nossa...o que será que Ela faz com as coisas que dou?????? rs
Bjs Bart, como fefetz costuma dizer: vc é o cara.


Bjs ruivos e com franjinha a todos hehe

bart disse...

Nossa...esquecemos de vetar o "véio"...Dani ameaçou mas não se entregou, e Colombo me lembrou que gosto também de uma coisinhas dos Kid...mas tenho um leve desconfiança que é meio fixação pela Toller...quem não tem, né?...Johnny, Anísio Silva, chorando pelo vestido da noiva que o abandonou, "quero beijar-te as mãos, minha querida"...extremamente necessário..."tu és, divina e graciosa estátua majestosa"...e ainda tem o Miltinho...adoro uma dele que chama Rio...os chorinhos do Jacó do Bandolin...desse jeito a lista não acaba mais...

Daniel Vieira disse...

ehehehe


eyu
deixei noa rmario?

se eu falar mais do que falei

é mais facil eu demosntrar

kk

sair com uma melancia na kbç e dizer todos os meus prazeres proibidos

kk

ah se são proibidos

uahuahauhauahuah



tah


eu disso do Mc Lanche neh.. jah é um.. q mais?

ah

dos artesanatos? são meus poibidos.. uhauha naum conto pra ninguem.t.enho medo,.. kkkk


q mais?


ah


metaforas,., usei metaforas... coisa de letrista.. vc sabe neh bart..

heheh


valew


naum sabe o quanto me deixou feliz o seu ''Daniel.....''


um recado pra mim

hauha


ah sim assito chaves

qm naum assite?


huahauh


ate mais

Gabriel BiazioLEE disse...

Muito bom esse post!
Prazeres Proibidos,hein?
Bom, pensando bem, sou forçado a admitir que apesar de venerar bandas como YES,EMERSON LAKE AND PALMER,entre tantas outras,sou obrigado a admitir que gosto de ABBA. (Eu sei, eu sei...).
Assim como Dani Lee disse em um comentário anterior, as pessoas costumam achar muit estranho um cara de 16 anos que gosta de Chico Buarque, Nara Leão e Adoniram Barbosa (eu sei,onde está a lógica nisso?!)
E também gosto demais de Renato e Seus Blue Caps, assim como The Fevers e Os Incríveis.
Mas é segredo. Não saia espalhando por aí,viu? =)

Gabriel BiazioLEE disse...

LEMBREI DE UMA:
Adoro aquele filme "Sgt. Peppers" com os Bee Gees e Peter Frampton.
ESSA NÃO TEM PERDÃO!

Edna disse...

olá Bart!

Chegando de viagem e colocando em dia a leitura dos posts, esse dos prazeres é genial.
Todos temos prazeres mais ou menos proibidos e eu não sou diferente, como todo mundo, tenho alguns impublicáveis.
Como estamos em fevereiro, um prazer proibido é o desfile das escolas de samba, de São Paulo, é claro. Um amigo foi me visitar na minha casa e durante a visita ficou sabendo por acaso. Foi motivo de riso, sabe como é... E como em terras ribeirãopretanas a coisa é fraquinha, me contento vendo pela tv. Creia, ainda faço isso.
Outro prazer proibido é ouvir aquelas músicas de festa junina do Mário Zan, todas elas, ouço e até saio dançando, só falta entrar na quadrilha, mas dançar em quadrilha não faz parte da lista dos prazeres proibidos.
Um outro prazer muito bizarro é ler obituários. Morar em cidade pequena é um prazer danado pq a gente sempre conhece os sobrenomes. Já me ferrei por conta disso, no ano passado li no jornal A Cidade o convite para uma missa de 30 dias e eu conhecia a pessoa, era uma ex-colega de trabalho que eu não via há um tempão. Putz, levei um susto. Mas o prazer continua...

beijão!